Por Redação | autoindustria@autoindustria.com.br

A Marcopolo, em parceria com a Scania, acaba de fechar um relevante negócio de exportação de ônibus urbanos para a Transport Service Limited, operador da cidade de Lagos, na Nigéria, África. São 250 ônibus Marcopolo Viale, com chassi Scania, e 50 micro-ônibus Volare do modelo W9, que serão entregues ainda no primeiro semestre de 2018.

A aquisição, segundo a Marcopolo, faz parte do plano do governo local para fortalecer o transporte público na cidade. De acordo com Deji Wright, diretor-gerente da Transport Service Limited, a escolha pelos ônibus com carroceria Marcopolo e chassi Scania, além dos micros Volare, deve-se a vários fatores:

“Levamos em conta o design, a configuração interna com total acessibilidade e o conforto para o passageiro, bem como o menor custo operacional dos veículos. Essa visão está alinhada com a nossa estratégia de ser um dos principais operadores de transportes públicos na Nigéria”, destacou Wright.

Para Ricardo Portolan, chefe de operações do Oriente Médio e África, a primeira entrega será um passo importante na estratégia de longo prazo da Marcopolo para intensificar a presença na Nigéria, que se iniciou ainda nos anos 80:

“Desde 2015, temos trabalhado muito forte em toda a África para conquistar novos clientes e mercados. Este fornecimento reforça as ações que a Marcopolo vem fazendo no continente e que estão gerando negócios significativos”.

Leia mais

→ Marcopolo fatura mais de R$ 2,8 bilhões em 2017

Na Nigéria, segundo Portolan, os produtos e a marca Marcopolo são sinônimos de ônibus premium, com padrão diferencial reconhecido pelos passageiros: “Isso foi importante para que a empresa fosse escolhida para este negócio, visto que o foco é oferecer um serviço de qualidade superior aos usuários”.

Os ônibus Marcopolo Viale desenvolvidos para a TSL têm chassi Scania K250 UB 4×2, com 13 metros de comprimento e duas portas de acesso. São equipados com sistema de ar-condicionado, poltronas revestidas, câmeras internas de monitoramento, catraca, espaço exclusivo para cadeirante e tomada USB nas poltronas. Já os 50 micro-ônibus Volare são montados sobre os chassis Volksbus 10.150OD, da MAN.


Foto: Divulgação/Marcopolo