Por Alzira Rodrigues | alzira@autoindustria.com.br

Com 28,9 mil emplacamentos e 14,4% de participação em março, a Volkswagen aproximou-se da líder General Motors, que vendeu 30,6 mil unidades e respondeu por 15,3% do mercado. A Fiat ficou em 3º lugar, com 23,3 mil veículos licenciados e fatia de 11,6%.

No acumulado do trimestre as posições se mantêm, mas a GM tem participação maior – a empresa paralisou suas linhas por seis semanas para adequar a fábrica para a produção de novos modelos, o que pode ter afetado o desempenho em março.

No trimestre a GM comercializou 91,8 mil veículos, a Volkswagen perto de 77,5 mil e a Fiat, 64 mil. Suas participações foram de, respectivamente, 17,4%, 14,7% e 12,1%. Na sequência vêm Ford (9,8%) e Hyundai (8,7%).

Entre as cinco primeiras, só a Volkswagen e a Ford ampliaram presença no mercado – 1,9 ponto porcentual e 0,2 ponto, respectivamente. A GM perdeu 0,4 ponto porcentual, a Fiat teve sua fatia de mercado reduzida em 1,5 ponto e a Hyundai em 0,5.

Em visita ao Brasil no mês passando, o CEO mundial da FCA, Fiat Chrysler Automobiles, Sergio Marchionne, quando questionado sobre a perda da vice-liderança da Fiat, disse ser uma estratégia do grupo manter os SUVs apenas para a marca Jeep. Ou seja, a Fiat está de fora do segmento que mais cresce por aqui e no mundo, o que limita sua atuação local.

Leia mais

Marchionne defende o etanol como solução energética

A Volkswagen, que também ficou de fora desse importante segmento, reconheceu que errou ao não apostar antes em produtos do gênero e agora recupera o tempo perdido prometendo cinco novos SUVs para o mercado brasileiro. No mês que vem chega o importado Tiguan e no segundo semestre o nacional T-Cross.

Leia mais

Volkswagen investe R$ 2 bilhões para produzir o SUV T-Cross no Paraná

SUVs dominarão o mercado brasileiro até 2020, prevê Volkwagen]

No ranking das dez mais, duas outras marcas tiveram ganhos de participação. A Renault, 6ª colocada, ampliou sua fatia em 1,3 ponto porcentual, detendo agora 8,1% do mercado, e a Nissan em 0,5 ponto, com 4,6% de penetração.


Foto: Divulgação/VW