Por Redação | autoindustria@autoindustria.com.br

A Volkswagen registrou recorde de vendas globais no mês passado com 519.600 automóveis entregues, volume 11% superior ao apurado em abril do ano passado, de 468.000 unidades.

No acumulado dos quatro primeiros meses de 2018, as vendas somaram pouco mais de 2 milhões de veículos, o que representou alta de 7,1% sobre 1,9 milhão de unidades registradas há um ano.

Dentre os mercados nos quais atua, o Brasil foi o país que anotou a maior alta em abril nos negócios da marca. As 28.800 unidades vendidas resultaram em um crescimento expressivo de 48,3% sobre o mesmo mês de 2017, quando os emplacamentos chegaram a 19.400 unidades.

No primeiro quadrimestre também, os licenciamentos da marca no País promoveram alta de 14,9%, para 90.400 unidades entregues. Trata-se do segundo melhor índice de crescimento para o período dentre os desempenhos da marca por mercado, atrás somente da Rússia, cujas vendas subiram 20,1%, para 30.200 unidades negociadas de janeiro a abril.

Leia mais

→VW tem melhor primeiro trimestre da história

→Herbert Diess, o novo presidente do Conselho VW

→Grupo Volkswagen bate recorde de vendas

No que diz respeito a volumes, a região Ásia-Pacífico liderou as demandas com pouco mais de 1 milhão de veículos entregues nos quatro primeiros meses, aumento de 8,1% sobre as 976.500 unidades vendidas no mesmo quadrimestre do ano anterior.

A Europa segue como a segunda maior região para a Volkswagen. De janeiro a abril, os licenciamentos somaram 612.000 unidades, expansão de 7,7% na comparação com o mesmo acumulado de um ano antes, de 568.000 automóveis.

“A marca Volkswagen continua acelerando seu ritmo de vendas. Já passamos do patamar de 2 milhões de veículos entregues em quatro meses, atraindo mais cliente como nunca,” diz em nota Ajürgen Stackmann, membro da diretoria de vendas da Volkswagen. “A tendência é de alta sustentada em nosso mercado doméstico na Alemanha, nos Estados Unidos e na América do Sul.”

Vendas da Volkswagen por região em abril de 2018


Foto: Volkswagen/Divulgação