Em evento simultâneo ocorrido na Alemanha, Estados Unidos e China, além de transmissão ao vivo via internet, na quarta-feira, 4, a Porsche finalmente apresentou o Taycan, seu primeiro modelo totalmente elétrico ao mundo. A estreia, de acordo com a companhia, marca o início de uma nova era.

Nas palavras de Olivier Blume, presidente do Conselho Executivo, “o Taycan vincula a nossa herança ao futuro. Ele leva adiante a história de sucesso de nossa marca, que fascinou e emocionou as pessoas em todo mundo por mais de 70 anos”.

LEIA MAIS

→Taycan: primeiro esportivo 100% elétrico da Porsche.

Como primeiro passo na eletromobilidade, o Taycan começará a chegar em duas versões, as mais potentes inicialmente, e justifica a herança com as nomenclaturas Turbo e Turbo S, apesar da inexistência do componente em um modelo 100% elétrico.

A versão Turbo S, mais poderosa, desenvolve 560 Kw (761 cv), é capaz de fazer de 0 a 100 km/h em 2,8 segundo e autonomia 417 quilômetros. Já a Turbo entrega 500 Kw (680 cv), chega aos 100 km/h em 3,2 segundos, mas oferecer alcance maior, de 450 quilômetros. Ambos possuem dois motores elétricos instalados em cada eixo, tração nas quatro rodas e transmissão de duas velocidades. A velocidade máxima é de 260 km/h.

Anúncio

Segundo a Porsche, o Taycan é o primeiro elétrico com sistema de 800 volts, em vez dos habituais 400 volts aplicados nos veículos elétricos. Com mais tensão, maior o potencial de transmissão elétrica. Assim, para ter alcance para 100 km, o Taycan precisa de apenas cinco minutos de recarga em corrente contínua. Na tomada de casa, pode levar de 6 a 8 horas para ter 80% da capacidade da bateria.

 

O modelo traz até quatro telas sensíveis ao toque, uma delas, oferecida como opcional, é inteiramente voltado para o passageiro dianteiro. Os sistemas de informações e entretenimento do carro ainda respondem a comando de voz, basta dizer Hey Porsche! Alinhada ao discurso sustentável, o Taycan também se apresenta como o primeiro da marca sem couro no acabamento. A companhia utiliza materiais sintéticos reciclados.

A marca adianta que a família crescerá no fim do ano que vem com uma versão Cross Turismo e, que até 2022, investirá € 6 bilhões em eletromobilidade.

No mercado europeu, o Taycan será oferecido por € 153 mil, na versão mais em conta, e € 186 mil, pela variante S. O carro está programado para chegar no Brasil no segundo semestre de 2020, conforme informação da imprensa especializada brasileira presente no evento.


Foto: Porsche/Divulgação