De janeiro a abril, os emplacamentos de automóveis da Volvo cresceram 70%, para 1.633 unidades, contra 960 apuradas no mesmo período do ano passado. Segundo a marca, trata-se do maior índice dentre as importadoras do chamado segmento premium. O desempenho do mês passado, com 536 veículos vendidos, foi apontado como o melhor mês desde 1991, quando a empresa começou a operar no País.

A Volvo atribui o resultado às demandas crescentes pelos utilitários esportivos XC90 e XC60, com vendas de 274 e 895 unidades no acumulado do primeiro quadrimestre, alta de 101,4% e 38,9%, respectivamente.

A empresa ainda espera reforço no seu desempenho com a chegada do XC40, cujas pré-vendas somaram pouco mais de 1.300 unidades. Até o fim do ano, a Volvo Cars estima entregar 6 mil automóveis no mercado brasileiro, o que marcará recorde em sua operação por aqui.


Foto: Volvo Cars/Divulgação