Montadora identificou problemas na estampagem  em componente de ancoragem

A Toyota do Brasil anunciou nesta segunda-feira, 5, campanha de recall para as unidades do Corolla produzidas de dezembro de 2016 a fevereiro de 2017. São 9.890 veículos, que, admite a montadora, podem potencialmente apresentar problemas na ancoragem do cinto de segurança traseiro direito.

A Toyota diz que identificou, por meio de teste de impacto dinâmico, marca de estampagem irregular no dispositivo e que há risco de rompimento da peça de ancoragem, “com possíveis danos físicos ao passageiro que estiver usando o cinto e aos demais ocupantes”.

Os proprietários dos veículos devem agendar visita às concessionárias da marca a partir de 19 de junho para a troca do componente. O tempo estimado do reparo é de 40 minutos.
Os veículos envolvidos na campanha têm os chassis 9BRBDWHEH0340333 a 9BRBDWHEH0346204 , 9BRBLWHE H0097419 a 9BRBLWHEH0104445 e 9BRBD3HEH03040380 a 9BRBD3HEH0346194.


Fotos: Divulgação/ Toyota