Por Redação

Com perspectiva de exportar R$ 1 bilhão este ano, a Marcopolo fechou novo negócio no Catar, no Oriente Médio, e entregará este mês 32 ônibus Viaggio 900 para o serviço de fretamento dos funcionários da Qatar Petroleum, uma das mais importantes empresas de petróleo de Doha. O fornecimento será feito para a QETCO, operadora de transporte de serviços de fretamento naquele país.

“Estamos muito felizes por fechar mais este negócio no Catar, resultado de muito trabalho de toda a nossa equipe de exportação. Nossa meta é dar continuidade ao bem-sucedido projeto Conquest de exportação, que permitiu à Marcopolo reconquistar clientes e mercados nessa importante região”, informa Ricardo Portolan, gerente-executivo de Negócios Internacionais da Marcopolo.

Iniciado no final de 2015, o projeto Conquest gerou no ano passado a abertura de dez novos mercados a partir de visita a 65 países, e este ano as exportações já representam este ano 36% do faturamento líquido da Marcopolo.

Anúncio

No primeiro semestre deste ano suas exportações atingiram 1.498 unidades, expansão de 38,2% em relação às 1.084 dos primeiros seis meses de 2016, com receita líquida de R$ 465,5 milhões, 36% de crescimento no mesmo comparativo. A perspectiva para 2017 é superar 3 mil veículos exportados e alcançar R$ 1 bilhão de receita com as exportações.

Seus principais mercados continuam sendo os da América Latina, com destaque para Chile, Argentina, México e Peru. Mas a África e a Ásia tem ampliado as compras, sobretudo de veículos rodoviários. O maior volume exportado no semestre foi de modelos rodoviários, 904 contra 630 em 2016. Além disso, foram embarcados 69 urbanos, 344 micros e 191 Volares.

Novo negócios – Os modelos que estão seguindo para o Catar são equipados com 49 poltronas do tipo executiva, contando com vidros colados, sistema de ar-condicionado de alta capacidade e itinerário eletrônico. Com 12.500 mm de comprimento, o Marcopolo Viaggio 900 é montado em chassi Scania K410 e tem computador de bordo e sistema multiplex.

O ônibus conta com iluminação inerna indireta mais forte e uniforme, sem perda do conforto visual, dispondo ainda de luzes de leitura em LEDs, saídas individuais de ventilação e teclas dos porta-focus.


Foto: Divulgação/Marcopolo/Douglas de Souza Melo