Por Redação

A SsangYong Brasil calcula que em torno de 16,5 mil modelos da marca negociados nos períodos de 1995 a 1998 e de 2001 a 2015 ainda circulam no País. Antes de iniciar o seu retorno, programado para o primeiro trimestre do ano que vem, a nova empresa representante, a Venko Motors, sob o nome de SsangYong Brasil, prioriza a reconstrução da imagem da marca com a ajuda dos antigos proprietários ao abastecer a rede de assistência técnica com peças de reposição.

Até o momento, a importadora já trouxe quatro lotes de componentes que somam mais de 5 mil itens, escolhidos de acordo com as demandas das oficinas. O material atende todos os modelos vendidos anteriormente: Musso, Actyon Sports, Kyron, Rexton e Korando.

Anúncio

“Antes de assumirmos a marca pesquisamos e verificamos que a marca SsangYong tem prestígio elevado entre os proprietários brasileiros”, diz Marcelo Fevereiro, diretor de operações da SsangYong Brasil. “Daí nossa preocupação em iniciarmos nossas atividades focados inicialmente no pós-venda. Estamos identificando quem são e onde estão esses clientes e mostrando a eles nossa preocupação em dar assistência adequada a seus veículos”, justificou.

Atualmente a rede credenciada da marca possui doze oficinas e, de acordo com o diretor, até o fim de 2018, terá pelo menos mais 50 novas oficinas.


Foto: SsangYong Brasil/divulgação