Por Redação | autoindustria@autoindustria.com.br

O Grupo PSA e a holding Nidec Leroy-Somer, do fabricante de componentes automotivos japonês Niec, assinaram na segunda-feira, 4, acordo de joint venture para concepção e produção de motores elétrico. De acordo com o comunicado divulgado à imprensa, a parceria viabilizará gama de motores para veículos eletrificados a fim de atender às necessidades da corporação francesa como também às de outras montadoras.

A joint venture, aberta com 50% do capital de € 200 milhões de cada companhia, terá em seu “benefício os pontos fortes do fabricante automotivo Groupe PSA e a expertise da Nidec Leroy-Somer no que se refere a motores e equipamentos elétricos”. A empresas começará a atuar no primeiro trimestre do ano que vem, com sede e centro de pesquisa e desenvolvimento em Carrière-sous-Poissy e fábrica em Trémery, ambas localidades francesas.

Anúncio

Para a PSA, a eletrificação é essencial para promover uma mobilidade sustentável, como também solução para controlar a qualidade do ar e minimizar os efeitos do aquecimento global. Segundo o grupo francês, o mercado de motores elétricos destinado a automóveis deve dobrar de tamanho até 2030, chegando a um negócio de € 45 bilhões. Somente a Nidec, por meio de seu plano estratégico Vision 2020, projeta faturar entre € 5,4 a € 7,6 bilhões no setor automotivo em 2020.

Como a segunda fabricante com mais participação no mercado automotivo europeu, o Grupo PSA acelera sua transição em direção a tecnologias elétricas, como também consta em seu plano Push to Pass.

O acordo, agora, será objeto de estudo pelas autoridades econômicas no que diz respeito a questões de concorrência, além de submetido à consulta dos representantes dos colaboradores das empresas.


Foto: Grupo PSA/Divulgação