Por Redação

As vendas de carros na União Europeia no acumulado de janeiro a novembro somaram pouco mais de 14 milhões unidades, volume 4,1% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, de 13,5 milhões. Os dados são da Acea, a associação que representa os fabricantes instalados na região.

Somente em novembro os mercados europeus absorveram 1,21 milhão de unidades, vendas 5,9% maiores do que as contabilizadas há um ano, quando totalizaram 1,14 milhões.

Todos os principais mercados registraram desempenho positivo, exceção do Reino do Unido, que acusou queda de 11,2% em novembro na comparação com o mesmo mês de 2016, para 163.541 unidades licenciadas. Trata-se do oitavo mês de declínio consecutivo.

Em novembro, as vendas na Europa foram impulsionadas principalmente pela Espanha, com crescimento de 12,4%, para 104.170 unidades, França, alta de 10,3%, com 180.005 automóveis vendidos, e Alemanha, cujo mercado evoluiu 9,4%, com 302.005 licenciamentos.

O Grupo Volkswagen lidera os negócios na região de longe. De janeiro a novembro, as vendas de carros das marcas da companhia somaram 3,2 milhões no período, o que representou participação de 23,7%. Depois dele, aparece a PSA com fatia de 12%, a Renault (10,4%), FCA (6,9%) e Ford (6,7%).


Foto: StockSnap/Pixabay