Por Redação | autoindustria@autoindustria.com.br

A ascensão global dos utilitários esportivos não foi o suficiente — ainda — para alterar o topo do ranking dos veículos mais vendidos em todo o mundo em 2018. Levantamento da consultoria internacional Jato Dynamics nos 57 mercados mais expressivos apontou que no primeiro semestre, mais uma vez, coube à picape Ford Série F a primeira colocação.

O comercial leve da Ford teve quase 535 mil unidades negociadas no período, 3% a mais do que nos primeiros seis meses do ano passado. Muito, certamente, em decorrência da persistente preferência dos consumidores dos Estados Unidos por picapes.

O segundo colocado é outro veterano de pódio há vários anos. O Toyota Corolla, descontada sua versão hatch conhecida como Auris em alguns mercados, avançou apenas 1,2% ao registrar 478,1 mil unidades negociadas. Ainda assim o sedã manteve relativa folga para o Volkswagen Golf, cujas vendas cresceram menos ainda: somente 0,6%, para 431,8 mil veículos.

Porém, a continuar nesse ritmo de vendas, o hatch da marca alemã sofre real ameaça de perder a terceira posição até o final deste ano. Isso porque o Honda Civic tem tido desempenho bem superior e a diferença de cerca de 20 mil unidades para o Golf é marginal. O sedã da Honda somou 412,7 mil unidades vendidas, 6,4% a mais do que no primeiro semestre do ano passado.

vendas globais por país

Anúncio

Mas o maior crescimento entre dez carros mais vendidos em 2018 foi registrado por um… utilitário esportivo! Com 395,8 mil unidades negociadas, o Toyota RAV 4 cravou evolução de 7%, já aparece na quinta colocação e, por estreita margem, roubou o posto de SUV mais vendido do planeta do Nissan X-Trail/Rogue.

LEIA MAIS

→Vendas globais da Volkswagen avançam 6% no semestre

→Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi bate novo recorde de vendas

→Ford faz acordo no caso dos airbags Takata

Se ainda estão longe de ameaçar especialmente os líderes  Ford Série F e Toyota Corolla, os utilitários esportivos já têm presença marcante dentre os carros mais vendidos no mundo: são quatro representantes entre os dez primeiros, curiosamente todos de montadoras japonesas.

Além do modelo da Toyota, o time de SUVs reúne Nissan X-Trail/Rogue (392,5 mil) na sexta colocação e os Honda CR-V (339 mil) e HR-V (335 mil), frespectivamente na oitava e nona posições.

Outra picape, a Chevrolet Silverado, com 326,4 mil unidades negociadas, aparece na décima posição, enquanto o time dos sedã conta apenas com mais um representante além de Corolla e Civic: o Volkswagen Passat, que registrou 356,6 mil veículos e encerrou o semestre como sétimo do ranking global.


Foto: Divulgação/Ford