A HPE Automotores do Brasil, responsável pela operação da Mitsubishi e Suzuki no País, anuncia aporte de R$ 300 milhões na fábrica de Catalão (GO) para preparar a unidade e localizar a produção do utilitário esportivo Eclipse Cross, o primeiro modelo global da Mitsubishi após sua integração na Aliança Renault-Nissan, em 2016. O anúncio foi feito pelo diretor de operações da empresa, Robert Rittscher, durante o Salão do Automóvel em São Paulo.

O modelo é um dos lançamentos da marca na exposição e começa a desembarcar nas 145 lojas da rede da marca a partir desta semana como importado e entra na linha na linha de montagem no segundo semestre de 2019. “De dois anos para cá, vivemos uma nova Mitsubishi, com mais acesso a conhecimento técnico, aos desenvolvimentos globais e agilidade para decisões.”

Hoje saem de Catalão os utilitários ASX, a linha de picapes L200 Triton, o sedã Lancer e o jipinho Suzuki Jimny. O Eclipse Cross, portanto, será o quinto modelo a ser fabricado por lá. Segundo Rittscher, a fábrica tem capacidade para 100 mil unidades/ano, mas atualmente opera com 30% de capacidade, ainda que seja responsável para abastecer o Brasil e alguns mercados da América do Sul. A empresa como um todo emprega em torno de 2 mil pessoas e o executivo admite que para a produção do novo veículo fará contratações. “Acreditamos 10% a mais de pessoal.”

LEIA MAIS

→Fábrica da Mitsubishi completa 20 anos

Produtos – Na oferta do novo utilitário esportivo Eclipse Cross tem duas versões: uma 4×2, por R$ 150 mil, e a 4×4, por R$ 156 mil. Ambas as variantes são equipados com o novo motor turbo MIVEC de 1,5 litros que desenvolve 165 cv e torque de 25,5 kgfm associado a uma caixa de transmissão automática de oito marchas.

Outra novidade da marca anunciada no Salão é o Pajero Sport, completamente renovado, do visual às tecnologias incorporadas. Com capacidade para sete passageiros, o utilitário esportivo permite até 32 configurações de aproveitamento do espaço interno por meio da modularidade dos assentos, traz onze airbgs, inclusive para a terceira fileira de bancos e o chamado sistema 4×4 Super Select, permitindo quatro modos de operação e até oitenta combinações entre câmbio e tração. O motor é um turbo diesel de 2,4 litros com 190cv e 44 kgfm de torque.

O novo Pajero Sport desembarca por aqui no início do ano que vem, mas a intenção de compra já pode ser feita junto à rede. O carro, importado da Tailândia, chegará com preço por volta de R$ 260 mil.

Na Suzuki, a outra marca sob o chapéu da HPE, o destaque foi o novo Jimny Sierra, previsto para o segundo semestre do ano que vem. Trata-se de uma nova geração do pequeno SUV que será importada do Japão, mas conviverá com a atual oferta do modelo produzido em Catalão. A marca ainda não tem o preço definitivo, mas adianta que será, em média, 20% mais caro em relação ao praticado hoje no jipinho, ou seja, a partir de R$ 85 mil. O carro terá novo motor de 1.5 litros com 108 cv e versões com câmbio manual ou automático.


Foto: Mitsubishi/Suzuki/Divulgação