AGeneral Motors elevou Onix à categoria de nome mundial de seus produtos. A decisão, segundo a empresa, se deveu ao destacado desempenho das vendas do modelo na América do Sul nos últimos anos.

No Brasil, o hatch é líder destacado de vendas há quatro anos. Só no ano passado foram cerca de 210 mil emplacamentos, o dobro do segundo colocado.

A decisão da GM, na prática, permite que a próxima geração do modelo, que no Brasil será lançada em meados deste ano, adote o nome Onix em qualquer país onde será oferecido.

“O nome Onix estará em modelos da nova família de carros globais da Chevrolet, que terão características específicas de acordo com as preferências dos clientes em cada mercado”, afirma Carlos Zarlenga, presidente da montadora na América do Sul.

Anúncio

Serão lançadas oito variantes regionais com cinco diferentes tipos de carroceria. Caberá ao mercado chinês, o maior do mundo, o privilégio de conhecer primeiro o novo Onix e seus derivados. Na sequência, chegarão a outros 39 países, com destaque para os sul-americanos e também o México.

Até por justificado motivo: a nova família de produtos tem como base  plataforma desenvolvida pela operação chinesa da General Motors. A própria nomenclatura adotada par aela já deixa clara as pretensões da montadora com seus novos veículos: GEM,  sigla de Global Emerging Market.


Foto: Divulgação/GM