A partir da venda de 1,6 mil ônibus urbanos para a cidade de São Paulo e dos sinais positivos no mercado de ônibus, a Mercedes-Benz do Brasil decidiu instalar este mês o segundo turno em sua fábrica de chassis de ônibus em São Bernardo do Campo, SP.

Segundo o presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina, Philipp Schiemer, a recente venda de 1,6 mil ônibus é a maior já realizada pela marca junto a operadoras da capital paulista. A negociação faz parte do programa de renovação de frota da cidade e os veículos serão entregues ao longo deste segundo semestre.

Schiemer acredita que o mercado de ônibus atingirá entre 18 mil e 19 mil unidades este ano, ante as 14,4 mil do ano passado, mantendo ritmo de crescimento iniciado em 2017.

“Os segmentos que tradicionalmente puxam as vendas são os urbanos e rodoviários”, comenta o executivo. “Agora, com o giro da economia e a volta da movimentação das pessoas, eles estão sendo retomados, com volumes maiores em fretamento (devido às novas legislações), escolar (novas licitações) e micro-ônibus (mais passageiros no transporte urbano).

Anúncio

A montadora não revelou quantos funcionários foram contratados especificamente em função do segundo turno na fábrica de ônibus, mas revelou que desde o ano passado o seu quadro de funcionários foi ampliado em 1,4 mil novos postos, incluindo as fábricas de São Bernardo e de Juiz de Fora, MG.

A fabricante já trabalhava em dois turnos nas linhas de caminhões do ABC paulista e na unidade mineira, sendo que a linha de produtos agregados está operando em três turnos.


Foto: Divulgação/Mercedes-Benz