lumileds

Números do Infosiga SP, sistema de dados do Governo de São Paulo gerenciado pelo programa Respeito à Vida, e o mapa das indenizações do  DPVAT indicam que quase um quarto dos acidentes de trânsito ocorrem ao anoitecer, entre 17h e 19h59, e que as motocicletas responderam por 77% das indenizações em 2019.

A Lumileds, fabricante das lâmpadas Philips, interpreta que a redução da iluminação pode ser um dos fatores para a concentração dos acidentes liderados pelas motocicletas e que lâmpadas que oferecem mais luminosidade aos faróis das motos são importantes para a redução desse índice.

É o caso de sua linha Philips Moto LED, nos formatos HS1 e H4 35/35W, para correntes alternada ou contínua, que, segundo a fabricante, garante 130% mais visibilidade nas ruas e estradas do que as halógenas originais das motos e  que, com luz branca, amplia a possibilidade de ver e ser visto.

A Lumileds lembra que, diferente de outras tecnologias como o xênon, a substituição do LED não requer adaptações elétricas e está prevista em resolução do Contran e, por isso, exige apenas a adequação no documento do veículo.


Foto:  Divulgação