Anova geração de colheitadeiras da New Holland, linhas TC e TX, tem motorização FPT N6 MAR-I/Tier 3 de 6,7 litros com injeção eletrônica Common Rail em duas configurações de potência: 220 hp e 268 hp.

Consagrado no segmento off-road do agronegócio, o propulsor incorpora tecnologias de ponta que contribuem para robustez, baixo custo de manutenção e economia de combustível. Uma em cada duas colheitadeiras vendidas no Brasil são equipadas pela FPT, o que comprova a força da marca da CNH Industrial, com mais de 150 anos de história.

Segundo a FPT, um dos avanços do N67, a injeção de combustível controlada eletronicamente, do tipo Common Rail, proporciona o equilíbrio perfeito entre resposta de aceleração, torque e potência, juntamente com o menor consumo de combustível.

“A agricultura procura cada vez mais ser eficiente, rápida e sustentável e um exemplo de tecnologia que é o braço direito do agricultor na América do Sul é o motor FPT N67. Trabalhamos para oferecer o melhor ao cliente. Como consequência disso, nossos produtos estão sempre evoluindo”, afirma o especialista de marketing de produto da FPT Industrial para a América do Sul, André Faria.


Foto: Divulgação/FPT