Claudio Moyses, gerente geral de qualidade da Stellantis, é o novo presidente da diretoria executiva do IQA, Instituto da Qualidade Automotiva. Eleito para o biênio 2021-2023, o executivo tem como prioridade levar a transformação digital  para o maior número de organizações instaladas no Brasil, por meio dos diversos produtos e serviços oferecidos pelo instituto.

Moyses sucede Ingo Pelikan, que estava na presidência do IQA desde 2013 e deixa o cargo por motivos de saúde, permanecendo como colaborador da entidade em outras responsabilidades.

Com mais de 25 anos de experiência, Moyses atua no setor automotivo desde 1996. Iniciou carreira na Volkswagen Caminhões e Ônibus, como engenheiro da qualidade, onde teve participação no lançamento do Consórcio Modular da planta de Resende (RJ). Em 2000 ingressou no Grupo PSA, onde atua até os dias atuais.

Anúncio

“A Indústria 4.0 está revolucionando todo processo produtivo de diversos setores da economia, inclusive no setor automotivo, que tem investido fortemente na digitalização das linhas de montagem, com aumento da qualidade dos produtos”, comenta o novo presidente.

Além da ampliação da transformação digital dentro e fora do IQA, a nova gestão irá atuar na qualificação de pessoas, pesquisa e desenvolvimento e sustentabilidade.

“Os desafios desta nova gestão são enormes, uma vez que há mais de um ano vivemos uma pandemia sanitária mundial que tem virado de ponta cabeça o universo dos negócios, assim como a sociedade em geral, que tem sido forçada a se adaptar a uma realidade totalmente nova, com padrões e comportamentos de consumo novos o que obrigou o mercado a se reinventar”, conclui Moyses.


Foto: Divulgação/IQA