No acumulado de cinco meses foram emplacados 824,4 mil  veículos, 1,6% a mais do que em 2016.

Por George Guimarães

A Fenabrave, Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, divulgou hoje, 1º de junho, o desempenho do setor automotivo no acumulado de 2017. Pela primeira vez, desde o início de 2014, a entidade comemora variação positiva em um período de cinco meses.

De janeiro a maio foram emplacados no mercado interno 824,4 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, 1,6% a mais do que nos mesmos meses de 2016. Apenas em maio foram 195,6 mil veículos – o melhor resultado mensal de 2017, expressiva elevação de 23,6,% com relação a abril e de 16,8 % na comparação com o mesmo mês de 2016.

 

tabela fenabraveOs segmentos de automóveis e comerciais leves, somados, tiveram variação um pouco maior no período: 2,2%, com 802,3 mil unidades emplacadas, dessas 190,1 mil em maio.

Anúncio

Com avanço gradual na média de vendas diárias, a Fenabrave reafirmou sua projeção de que 2017 deve encerrar com crescimento do mercado interno.

A média diária de negócios subiu 2,1% de abril para maio e passou de 8.465 para 8.642 unidades. “Se mantivermos este volume, encerraremos 2017 com o crescimento de 2,04% nas vendas destes segmentos”, afirma Alarico Assumpção Júnior, presidente da entidade, para quem a tendência de recuperação da economia vem se confirmando, mesmo em meio a ambiente político incerto.

Caminhões – Tanto que o segmento de caminhões, reforça a Fenabrave, deve exibir recuperação de 4,4% ao final deste ano. Essa projeção contempla a expectativa de vendas mais expressivas no transcorrer do segundo semestre, já que no acumulado até maio elas 18,6% recuaram, com 17,3 mil caminhões licenciados, 4,1 mil somente no mês passado.


Foto: Reprodução