Defeitos envolvem modelos das marcas Chrysler, Dodge e Fiat

A FCA, Fiat Chrysler Automobiles, anunciou nesta sexta-feira, 13, nos Estados Unidos, que convocará proprietários de mais de 1,3 milhão de veículos em todo o mundo para troca do alternador e reparo na instalação do airbag do motorista.

A montadora admite que 538 mil Dodge Journey  e 233 mil Fiat Freemont fabricados de 2012 a 2015  podem apresentar defeitos em decorrência da incorreta instalação da fiação do airbag, com risco inclusive de curto circuito e posterior incêndio. Os concessionários inspecionarão o sistema e, caso necessário substituirão, a fiação.

Os alternadores de outros 565 mil veículos da fabricante também podem causar incêndio e serão substituídos. A montadora reconheceu que temperaturas elevadas desgastam prematuramente os diodos, o que potencialmente poderia afetar o funcionamento do sistema antitravamento dos freios.

Neste caso os modelos envolvidos são Chrysler 300, Dodge Charger, Dodge Challenger e Dodge Durango, todos fabricados entre 2011 a 2014, e o Jeep Grand Cherokee, produzido de 2012 e 2014.

Procurada, a FCA ainda não sabe informar se o recall impacta os veículos vendidos no Brasil.


Foto: Divulgação/FCA