Por Redação

David Powels, presidente e CEO da Volkswagen do Brasil e América do Sul, formalizará na próxima segunda-feira, 14, investimentos para desenvolvimento e produção de novos modelos da fábrica de São Bernardo do Campo (SP). Em junho, o próprio executivo já confirmara  a  fabricação da sexta geração do Polo na unidade do ABC, modelo que  será apresentado oficialmente no início de setembro, com chegada em seguida na rede de concessionárias.

Na próxima semana Powels deve oficializar a produção na planta paulista da versão sedã do Polo, cujo nome comercial será Virtus, a partir do início do ano que vem. A empresa, contudo, poderá ter alguns outros trunfos para anunciar, com um SUV compacto, segmento de maior crescimento no Brasil nos últimos dois anos. A Volkswagen é a única das grandes fabricantes que ainda não tem um concorrente nessa faixa de mercado.

Anúncio

O Virtus foi apresentado este ano no Salão de Genebra e, assim como o Polo, foi concebido sobre a plataforma mundial modular MQB, que exigiu novos processos e tecnologias na fábrica paulista, mudanças já contempladas no plano de investimentos de R$ 7 bilhões da empresa no País até 2020. A MQB também é base para o Golf  fabricado de São José dos Pinhais (PR).


Fotos: Divulgação/Volkswagen