Por Marcos Rozen

O Fiat Argo sedã, atualmente conhecido apenas pela denominação de projeto X6S, poderá ser batizado como Endurance. A FCA já registrou o nome, além da grafia de seu logotipo, junto aos órgãos responsáveis por propriedade industrial no Brasil, em processo que foi aberto apenas três dias depois da fabricante solicitar registro para o Argo.

Além destes dois não há nenhum outro nome de veículo registado pela FCA recentemente.
O sedã será fabricado na Argentina, com lançamento previsto para o último bimestre deste ano. Até lá, naturalmente, a escolha do nome pode mudar. O próprio batismo do Argo só foi descoberto poucos dias antes do lançamento, quando a Fiat colocou modelos camuflados para rodar por algumas cidades do País com a inscrição #DescubraArgo impressa na carroceria.

A denominação Endurance para o sedã do Argo, caso confirmada, atenderia plenamente aos objetivos de marketing da FCA para o novo modelo. A ideia é desassociá-lo totalmente do Argo, tratando-o como um produto bem diferente apesar da mesma plataforma. Design da dianteira e traseira, bem como entreeixos, serão distintos do hatch, e um nome bem diferente de Argo ajudaria, em muito, a criar esta imagem no mercado.
O batismo Endurance ainda representaria uma associação à esportividade, algo do que geralmente carecem os sedãs, uma vez que o termo é usado para identificar algumas categorias de automobilismo que competem com modelos assemelhados aos de rua.

Anúncio

O nome Endurance também confirmaria uma nova e interessante política de batismo de veículos pela FCA, que certamente foge à escola tradicional. Usualmente nomes curtos são aplicados para carros pequenos (Ka, Up!, Uno, Gol) e conforme cresce o tamanho do carro cresce junto o nome. Mas nos últimos tempos a FCA optou por nomes curtos, todos de quatro letras, para identificar modelos bem distintos: Toro, uma picape média, Mobi, um subcompacto, e mais recentemente Argo, para um hatch compacto.

Como usar Argo e suas quatro letras para substituir carros com nomes um pouquinho maiores, de cinco letras, Palio, Punto e Bravo, foi iniciativa muito pouco comum da FCA, o possível Endurance, com nove letras, já não causaria tanto espanto ao suceder dois modelos que igualmente têm cinco letras em suas denominações, Siena e Linea.


Ilustração: Reprodução