Por Alzira Rodrigues

Apesar da queda sobre dezembro, tradicionalmente um mês mais forte em vendas, o mercado de veículos apresentou desempenho positivo em janeiro no comparativo com o mesmo mês do ano passado. As vendas cresceram 23,1%, com total de 181.263 emplacamentos, incluindo automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, ante os 147,2 mil do primeiro mês de 2017, conforme balanço divulgado na quinta-feira, 1, pela Fenabrave.

Leia mais

Veículos: comparativo anual indica expansão acima de 20%.

No ranking por marca, o destaque ficou por conta da Volkswagen, que fechou 2017 na terceira posição e começou 2018 na vice-liderança. Sua participação, que no acumulado de 2017 foi de 12,5%, chegou a 15% em janeiro, com total de 26,3 mil veículos comercializados. O Polo, lançado em outubro, posicionou-se no quarto lugar do ranking por modelo, com 6,6 mil unidades comercializadas.

Os bons resultados de janeiro foram comemorados pelos presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior: “O cenário econômico deste início de ano é totalmente diferente do início de 2017. As expectativas renovadas em função da melhora dos índices econômicos refletem, diretamente, na confiança do consumidor e favorecem o mercado de veículos”.

A Fenabrave em projeções otimistas para o ano de 2018. “Acreditamos que, gradualmente, o setor da distribuição de veículos retome seu ritmo normal”, disse Assumpção Jr.

Ranking – A General Motors manteve-se firme na liderança, com participação de 19,3% – também superior à do acumulado de 2017, que foi de 18,1% – e 33,9 mil emplacamentos. O Chevrolet Onix se manteve no topo do ranking por modelo, com 16.058 unidades comercializadas no mês.

Anúncio

A Fiat, vice-líder no ano passado, começou 2017 na terceira posição do ranking, com 23,4 mil emplacamentos e fatia de 13,3%. Na sequência vêm Ford (9,3%) Hyundai (8,4%), Toyota (8,1%), Renault (6,3%), Honda (5,7%), Jeep (4%) e Nissan (3,8%).

No ranking por modelo, o Ford Ka, com 7.656 unidades, e o Hyundai HB20, com 7.436, ocuparam a segunda e terceira posições, respectivamente. Depois do Polo, o quarto colocado, aparecem o Chevrolet Prisma (5.926 unidades), VW Gol (5.893), Fiat Argo (4.972), Fiat Mobi (4.679), Jeep Compass (4.546) e Toyota Corolla (4.486). Uma disputa bem apertada com mostram os volumes de venda de cada modelo.

Segmentos – No comparativo com janeiro do ano passado, o segmento de caminhões registrou expressiva alta de 56,2%, com 4.594 emplacamentos no primeiro mês deste ano. O segmento de automóveis e comerciais leves totalizou 175.554 vendas, com alta de 22,3%.

Em relação a dezembro, quando foram vendidas 212,6 mil unidades, a queda é de 14,75% no cômputo total do mercado. Nesse comparativo, a venda de automóveis e comerciais leves caiu 14,3% e as de caminhões, 25%.

Para o presidente da Fenabrave, “a queda de janeiro deste ano sobre dezembro de 2017, no geral, pode ser atribuída ao já tradicional comprometimento de renda dos consumidores no início do ano, em função das matrículas e materiais escolares, IPVA, entre outras despesas que refreiam o consumo de veículos neste período”.


 

Foto: Divulgação/VW/Fenabrave