Em 2007, quando o Renault Logan chegou ao Brasil, a marca ofereceu uma condição especial de lançamento: planos de manutenção a menos de R$ 1 por dia. Onze anos depois, em um trabalho conjunto com a rede de concessionárias, essa mesma oferta volta a ser praticada, valendo não apenas para o sedã, mas também para o Sandero e o Kwid – em todos os casos, nas versões equipadas com o motor 1.0 SCe.

O valor reduzido é fruto de uma queda de cerca de 30% no custo das revisões em toda a linha Renault, posicionando os veículos da marca entre os de menor custo de manutenção em seus respectivos segmentos. “Sabemos que o custo de manutenção de um veículo é também um fator importante para os clientes. Deste modo, em conjunto com nossa rede de concessionários, conseguimos oferecer revisões com a qualidade das nossas peças originais, mão de obra especializada e garantia a um preço muito vantajoso para os clientes da marca”, afirma Ismael Vargas, diretor de Pós-Venda da Renault.