Raul Randon, um dos mais carismáticos líderes do setor automotivo, faleceu na noite do sábado, 3, e teve seu corpo cremado nesta segunda-feira, 5. Em nota emitida pelo Grupo Randon e assinada pelo diretor de Relações com Investidores, Geraldo Santa Catharina, os administradores da empresa manifestaram seus sentimentos à família e sua gratidão ao Sr. Raul Randon, pelo legado deixado às Empresas Randon.

A companhia informou ainda que nos próximos dias informará ao mercado os procedimentos relativos a sucessão, seguindo as orientações do Estatuto Social e legislação vigente. Raul Randon era presidente do Conselho de Administração.

Neto de imigrantes italianos, o empresário iniciou suas atividades no setor na década de 1940, quando ele e o irmão Hercílio, que trabalhavam na fabricação de ferramentas agrícolas, decidiram abrir uma oficina para reforma de motores industriais. Além da sede em Caxias do Sul (RS), a empresa tem unidades industriais em Chapecó (SC) e na cidade de Rosário, Província de Santa Fé, na Argentina.