Por Redação | autoindustria@autoindustria.com.br

O reaquecimento da economia do País trouxe de maneira mais ativa importante alavanca na produção de ônibus. A MAN Latin America anuncia que venceu licitação para a entrega de 3.400 ônibus ao programa do governo federal Caminho da Escola. Os modelos poderão ser adquiridos por município até abril do ano que vem para o transporte de alunos de rede da pública de educação básica. O volume do contrato é 56% maior às vendas acumuladas de chassi da fabricante em todo o ano passado, quando registrou 2.180 unidades emplacadas, conforme anotado pela Fenabrave.

Na programação estão contemplados ônibus e micro-ônibus baseados nos chassis Volksbus 8.160 ODR, 8.160 OD (piso alto) e 15.190 ODR com capacidades para 29, 30 e 59 estudantes, pela ordem. Produzidos na fábrica de Resende (RJ), os veículos terão carrocerias da Marcopolo e Neobus, de Caxias do Sul (RS) e Duque de Caxias (RJ), respectivamente.

De acordo com a empresa, a Volksbus é a maior parceira do programa, criado em 2007 sob tutela do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). No período a montadora já forneceu 16.000 unidades, a maior participação no programa, atendendo por volta de 5.000 municípios no transporte de mais de 3,5 milhões de crianças.

Anúncio

Leia mais

→MAN é marca mais lembrada em veículos escolares

→Volksbus dobra exportações

Frequentemente destinados para atuar em áreas remotas, os Volksbus para o Caminho da Escola saem de fábrica com suspensão reforçada e mais elevada, pneus de uso misto, bloqueio no diferencial, ângulos de entrada de saída maiores e dispositivos de poltronas móveis para acessibilidade de crianças com mobilidade reduzida.

“Desenvolver veículos que já permitiram o acesso de milhões de estudantes à educação ao longo desses onze anos é extremamente gratificante”, resume em nota Roberto Cortes, CEO da MAN Latin America. “Sem dúvida coroa a trajetória de 25 anos da família Volksbus no mês de seu aniversário, celebrando o know-how de produção brasileiro, transportando sonhos e o futuro do País.”


Foto: MAN Latin America/Divulgação