Por Alzira Rodrigues | alzira@autoindustria.com.br

O segmento de SUVs continua sendo o que mais cresce no País, mas o de hatches pequenos também registra desempenho acima da evolução média do mercado de automóveis este ano, que foi de 20,4% no primeiro quadrimestre.

Foram comercializados no período total de 177,8 mil hatches pequenos, alta de 27,3% sobre o mesmo período do ano passado (139,2 mil unidades). A chegada de novos modelos, em especial o Volkswagen Polo e o Fiat Argo, foi decisiva para esse movimento favorável.

No primeiro quadrimestre do ano passado, os primeiros colocados no ranking de hatches pequenos eram Chevrolet Onix, Hyundai HB-20, Renault Sandero, VW Fox e Nissan March.

Os dois primeiros mantiveram a mesma posição este ano, mas os modelos lançados pela Volkswagen e Fiat no segundo semestre do ano passado passaram a ocupar, respectivamente, a terceira e quarta colocações, com o Sandero passando a ser o quinto e o Fox o sexto.

O Polo acumulou 23,5 mil emplacamentos e o Argo, 17,8 mil. O líder Onix vendeu 58,4 mil unidades e o HB-20, 33,6 mil. O Sandero acumula 15,2 mil licenciamentos e a linha Fox, 12,3 mil.

Leia mais

Mercado de veículos cresce 21,3% até abril

Segmentação – O segmento de hatches pequenos segue líder no mercado brasileiro de automóveis, com fatia de 28,2% no primeiro quadrimestre deste ano. No mesmo período do ano passado detinha 26,6% e, um ano antes, exatos 25,8%.

Anúncio

O segmento de SUVs é o segundo de maior volume, com 150,4 mil emplacamentos este ano, volume 34,3% superior ao registrado entre janeiro a abril do ano passado (112 mil unidades).

Leia mais

Vendas de SUVs disparam com alta de 39%

A disputa entre os SUVs é uma das mais acirradas do mercado brasileiro. Os três primeiros colocados têm números bem próximos de venda. São eles o Jeep Compass, com 17,6 mil emplacamentos no quadrimestre, o Honda H-RV, com 16,3 mil, e o Nissan Kicks, com 16 mil.

O quarto e quinto colocados entre os SUVs venderam praticamente o mesmo volume – o Jeep Renegade teve 13.426 licenciamentos e o Hyndai Creta exatos 13.399.

Os segmentos de hatches pequenos e de SUVs foram os dois únicos entre os cinco de maior volume no mercado brasileiro que registraram expansão acima da média no acumulado deste ano.

Leia mais

O difícil caminho dos hatches médios

Os veículos de entrada, os sedans pequenos e os sedans médios perderam participação e detêm agora, respectivamente, fatia de 18,4%, 14,2% e 7,5%. Um dos que mais perde no País é o de hatches médios, que hoje detém apenas 0,77% das vendas totais de automóveis por aqui.


 

Fotos: Divulgação/FCA/VW