Por Redação | autoindustria@autoindustria.com.br

As 23 empresas de autopeças que participaram da Automechanika Dubai nos Emirados Árabes no início de maio fecharam negócios da ordem de US$ 1,2 milhão nos três dias da feira e encaminharam outros US$ 5,3 milhões para os próximos doze meses.

Os dados foram divulgados pelo Sindipeças, responsável pela participação das fabricantes brasileiras no evento de Dubai por meio do projeto Brasil Auto Parts – Trusted Partners, desenvolvido em parceria com a Apex-Brasil.

As empresas que integraram o pavilhão brasileiro afirmaram ter participado de 785 encontros, com potenciais compradores de 23 países, entre eles Alemanha, Arábia Saudita, os próprios Emirados Árabes, Egito, Estados Unidos e Turquia.

Leia mais

Fornecedores brasileiros participam da Automechanika Dubai

Sindipeças incrementa ações na área externa

Dubai é a porta de entrada para todo o Oriente Médio e para o norte da África, onde muitos países, segundo o Sindipeças, têm frotas semelhantes à brasileira, com possibilidades de fornecimento para o mercado de reposição.

Anúncio

As autopeças brasileiras têm tido bom desempenho na área externo. No primeiro trimestre, segundo relatório da balança comercial do Sindipeças, os embarques somaram US$ 1,9 bilhão, 20,5% mais que em iguais meses de 2017. As importações cresceram menos, 12,5%, mas têm valor bem superior, de US$ 3,5 bilhões, o que significa que o setor mantém déficit em sua balança comercial agora em 2018.

Leia mais

Autopeças: déficit comercial sobe 4,2%.

Participantes – As fabricantes de autopeças presentes na Automechanika Dubai foram: ABR, Acumuladores Moura, Autimpex, Freios Controil, Duroline, Fras-le, Fundição Batatais, Fremax, Italspeed, Master Power, MZK Rolamentos, Ori Truck, Riosulense, Reserplastic, Ric Componentes, Schadek Automotive, Shana, Suporte Rei, Suspensys, Tecnomotor, Urba-Brosol, Vipal Borrachas, Zen e Zinni & Güell.


Foto: Divulgação/Sindipeças