Por Redação| autoindustria@autoindustria.com.br

Produtos do setor de duas rodas poderão ser cadastrados nas operações de financiamento do programa Pronaf Mais Alimentos, destinado aos agricultores familiares. Acordo nesse sentido foi assinado pela Abraciclo e a Sead, Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, vinculada à Casa Civil da Presidência da República, na quinta-feira, 17, em evento realizado em São Paulo.

O acordo envolve todos os produtos de fabricação nacional das associadas da entidade, dentre os quais motocicletas, quadriciclos, motores de popa e produtos de força (motores estacionários). O Pronaf oferece em geral linhas de financiamento com prazos de até 120 meses, carências de até 36 meses e taxa de juros que variam entre 2,5% e 5,5% ao ano. As linhas são oferecidas pelo Banco do Brasil, agente financeiro do programa.

Anúncio

Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, diz que os produtos do setor de duas rodas já são utilizados no ambiente rural e, portanto, podem ser potencializados diante do fato do Pronaf Mais Alimentos contar com cerca de 4 milhões de famílias agrícolas cadastradas. “Essa iniciativa possibilita aos agricultores o acesso a produtos mais modernos, de tecnologia avançada, melhor desempenho e, ainda, com a garantia das fabricantes”.

Com 42 anos de história, a Abraciclo conta hoje com 14 associadas. A produção do setor é quase que totalmente concentrada no Polo Industrial de Manaus, PIM, gerando mais de 12 mil empregos diretos.


Foto: Divulgação/Abraciclo