Apesar de no acumulado do ano ainda ocupar a 3ª colocação, a Fiat foi a vice-líder de vendas em automóveis e comerciais leves em agosto. A diferença em relação à Volkswagen foi pequena, de apenas 260 unidades, mas essa é a primeira vez no ano que a marca italiana supera a concorrente alemã.

A GM segue líder com 41,6 mil emplacamentos em agosto e participação de 17,4% no mês. A Fiat comercializou 34.426 unidades e a Volkswagen exatas 34.426, segundo balanço da Fenabrave, com suas participações ficando em, respectivamente, 14,4% e 14,3%.

No segmento de automóveis, liderado com folga pelo Chevrolet Onix, a Fiat tem um único representante entre os dez mais vendidos no País tanto em agosto como no acumulado do ano. É o modelo Argo, que em agosto, com quase 6,2 mil emplacamentos, ficou em 7º lugar nesse ranking – no acumulado dos primeiros oito meses, sua posição é a 8ª.

Já no segmento de comerciais leves, a Fiat é a grande vedete, com três modelos listados entre os dez mais vendidos no mercado brasileiro.

Em agosto, liderou o ranking com a Toro e a Strada, que ocuparam os dois primeiros lugares – respectivamente, 6.175 e 6.199 emplacamentos. O Fiorino é oitavo colocado, com 1.464 emplacamentos no mês. No acumulado até agosto, a Strada é líder, com 44,4 mil unidades comercializadas, e a Toro a vice, com 38,4 mil.

Anúncio

No ranking por marca, a GM se mantém na liderança no acumulado do ano, com 267 mil emplacamentos e 16,9% de participação. Na sequência vem a Volkswagen, com 232,2 mil unidades e fatia de 14,7%.

A Fiat é a terceira, com 209 mil licenciamentos e participação de 13,3%. Ford e Hyundai fecham o grupo das cinco marcas mais vendidas no ano, com penetrações de, respectivamente, 9,4%e 8,6%.

Especificamente em agosto, a Renault vendeu mais que a Hyundai – 20,9 mil unidades contra 20,7 mil. A disputa tem sido bem acirrada entre a quarta e sétima posição, tanto é que em agosto a Renault ficou bem perto da Ford, que emplacou 21 mil unidades, e a Toyota, sétima colocada com 19,7 mil emplacamentos, bem próxima da Hyundai.


Foto: Divulgação/Fiat