A multinacional brasileira, líder na fabricação de blocos e cabeçotes para motores de Joinville (SC), apurou crescimento de 36,7% no faturamento do terceiro trimestre de 2018 em relação ao mesmo período do ano anterior, para pouco mais de R$ 1,3 milhão. De acordo com a empresa, trata-se do maior valor já registrado para um trimestre de sua história.

Segundo relatório da Tupy, o bom resultado apurado se deve ao desempenho nos mercados, com participação de 40%, e a desvalorização do real frente ao dólar. Na composição de geração de receita no terceiro trimestre, a América do Norte respondeu por 65,2%, Américas do Sul e Central por 17,9%, Europa por 11% e as regiões da Ásia, África e Oceania por 5,9%.

Somente o mercado interno proporcionou um crescimento de 22,3% na receita, alta motivada pelas demandas dos segmentos de transporte, infraestrutura e agricultura, especialmente os de veículos comerciais e off road.

Anúncio

A Tupy relata também que obteve recorde no trimestre no que diz respeito a geração de caixa operacional. De julho a setembro o resultado alcançou R$ 200 milhões, um crescimento de 107,6% em relação ao terceiro trimestre do ano passado. O acumulado dos nove meses, o valor da geração de caixa atingiu R$ 384,4 milhões, outro recorde para o período.

Com o desempenho positivo no faturamento, o lucro líquido da fundição no terceiro trimestre foi de R$ 88,6 milhões, uma evolução de 16,1% no confronto com o mesmo período de 2017.


Foto: Pixa