Embora a nova fase do Proconve, equivalente às normas Euro 6, só deva entrar em vigor em 1º de janeiro de 2023 no Brasil, a Cummins anuncia que já está preparada para atender às demandas com um sistema de pós-tratamento 60% menor e 40% mais leve se comparado às tecnologias que entregam os mesmos níveis de redução de emissão.

De acordo com a empresa, o chamado Single Module é um sistema altamente flexível, compacto e de baixo peso que pode ser integrado em qualquer motor eletrônico, atendendo às mais variáveis aplicações de equipamentos do mercado.

“Desde o lançamento do sistema Euro VI na Europa em 2014, um time global de engenharia foi dedicado para desenvolver uma nova plataforma tecnologicamente mais evoluída para países emergentes como Índia, China, Brasil e México”, conta Adriano Rischi, diretor de engenharia da Cummins para a América Latina. “Hoje, temos um novo projeto de pós-tratamento mais eficiente, com diversas vantagens tanto para a montadora quanto ao usuário final.”