A Volkswagen foi a marca entre as dez mais comercializadas no País com maior crescimento de vendas e de participação no mercado brasileiro em 2018. A empresa atingiu 367 mil emplacamentos, uma alta de 35% sobre os 272 mil do ano anterior, e consolidou-se na vice-liderança do ranking das marcas mais vendidas no País com fatia de 14,9%, 2,3 pontos porcentuais a mais do que em 2017. A líder General Motors perdeu 0,5 ponto porcentual, reduzindo sua participação para 17,6%.

“O ano de 2018 marca a consolidação da estratégia da Nova Volkswagen com a maior ofensiva de produtos da nossa história”, avalia o presidente e CEO da Volkswagen América Latina, Pablo Di Si. “Lançamos onze modelos novos e, agora em 2019, manteremos o ritmo forte com o T-Cross, produzido em nossa fábrica em São José dos Pinhais, no Paraná, que chega para competir no segmento que mais cresce no País, o de SUVs”.

Disposta a manter investimentos em novas tecnologias e processos produtivos, a Volkswagen está entre as quatro montadoras que já se habilitaram ao programa Rota 2030, que prevê incentivos a quem investir em Pesquisa & Desenvolvimento. O programa tem três pontos básicos: avanços em eficiência energética e itens de segurança veicular, apoio à P&D e regime especial para autopeças não produzidas no País.

LEIA MAIS

Tudo o que você precisa saber sobre o Rota 2030]

Rota 2030 é sancionado pelo presidente da República

Maior produtora de veículos da história do País, com mais de 23 milhões de unidades fabricadas desde 1953, a Volkswagen ampliou produção no ano passado em 6,2%. O desempenho, segundo a montadora, foi puxado pela boa performance da marca no mercado interno e também pela atuação em países como Chile e Paraguai, nos quais registrou crescimento de 45,6% e 73,7%, respectivamente.

Anúncio

A Volkswagen é responsável por 20% de todos os veículos exportados do País. O Gol é o modelo mais exportado da marca, com 35.620 unidades embarcadas, seguido pela Saveiro (18.617), Polo (16.813), up! (15.807) e Virtus (11.475).

LEIA MAIS

A dança das marcas em 2018

Internamente, o Gol, que passou a contar com transmissão automática no ano passado, liderou as vendas da marca noPaís, com 77.622 emplacamentos. O Polo foi o segundo modelo mais vendido da Volkswagen, com 69.583 unidades, sendo que mais da metade são versões com motor 1.0 TSI.

Neste primeiro semestre, mais exatamente no início do segundo trimestre, chega ao mercado o T-Cross, primeiro SUV a ser fabricado pela Volkswagen do Brasil. Fruto de investimento de R$ 2 bilhões, para seu desenvolvimento e modernização da produção em São José dos Pinhais (PR), o modelo faz parte da ofensiva de SUVs da Volkswagen, que prevê o lançamento de cinco modelos completamente novos. O primeiro deles foi o Tiguan Allspace.

Em 2019 a Volkswagen também expandirá a atuação das concessionárias digitais, que iniciaram fase piloto em dezembro de 2018. O novo conceito de venda de carros, com tela touch, óculos de realidade virtual e tablet, será implementado em trinta lojas na América Latina neste primeiro trimestre e até  o final de 2019 seão cerca de 100 pontos de venda no Brasil com essa nova tecnologia.


Foto: Divulgação/VW