A Fiat decidiu comemorar o seu 120º aniversário com a apresentação do Concept Centroventi no Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça, veículo elétrico que ela própria define como um novo marco em sua história.

O modelo, segundo a montadora, tem por objetivo oferecer uma solução de mobilidade elétrica acessível a todos e caracteriza-se por permitir personalização tanto interna como externamente. Produzido apenas em uma cor, pode ser pintado pelo cliente por meio do programa 4U, com opção entre quatro tetos, quatro para-choques, 4quatro calotas e quatro caracterizações externas.

Internamente, o cliente pode escolher os acessórios e adaptar o espaço para criar um carro genuinamente único. Além disso, o conjunto de baterias modulares do Concept Centoventi permite ao condutor aumentar a autonomia de 100 para 500 km simplesmente adquirindo ou alugando baterias adicionais.

Marca da FCA dedicada aos produtos e serviços de pós-venda, a Mopar se juntou à Fiat no desenvolvimento do Concept Centoventi e vai desenvolver, fabricar e gerir a logística dos acessórios para o novo modelo.

De acordo com a Fiat, o elétrico apresentado em Genebra é um protótipo que expressa de modo perfeito a ideia italiana de mobilidade em massa movida a energia elétrica no futuro próximo. Quando chegar ao mercado, serão pelo menos 120 acessórios adicionais disponíveis para os interessados em sua compra.

LEIA MAIS

Kia mostra conceito de carro elétrico em Genebra

Anúncio

Fiat fecha o bimestre na vice-liderança

Audi – Também a Audi investe em eletrificação no Salão de Genebra. Quase um ano depois de mostrar o primeiro modelo elétrico de produção em série da marca, o E-tron, a montadora apresenta agora o Audi Q4 e-tron, um conceito de SUV compacto com quatro portas e 4,59 metros de comprimento.

 

O SUV tem dois motores elétricos que mobilizam 225 kW de potência e tração integral permanente quattro. Acelera de zero a 100 km/h em apenas 6,3 segundos com uma velocidade máxima eletronicamente limitada de 180 km/h. Uma bateria grande, com capacidade de 82 kW/hora, ocupa quase todo o espaço da parte inferior da carroçaria entre os eixos.

A tecnologia do conceito Q4 e-tron, que tem 450 km de autonomia, faz parte da plataforma de eletrificação modular (MEB), que será integrada em diversos veículos elétricos produzidos pelo Grupo Volkswagen no futuro, da categoria compacta até a média superior.


Fotos: Divulgação/Fiat e Audi