Entrou em operação a fábrica do Grupo PSA no Marrocos. A planta de Kenitra, no Norte do país, produz inicialmente o novo Peugeot 208, modelo que também já é fabricado na unidade Trnava, na Eslováquia.

Já a partir de 2020, afirma a PSA, a nova fábrica terá capacidade produtiva da ordem de 200 mil veículos por ano. De suas linhas de montagem sairão veículos das marcas do grupo sobre a plataforma CMP para cerca de 80 países.

 

A construção da fábrica de Kenitra fconsumiu quatro anos. Além da montadora, o projeto engloba rede de 62 fornecedores locais, com 27 novos sites que abastecem a nova unidade da PSA, parceria com o Reino do Marrocos.

O acordo da montadora com o governo marroquino foi assinado por Carlos Tavares, CEO da PSA, e pelo rei Mohammed VI em junho de 2015.

À época, a empresa informou que investiria € 557 milhões para fabricar, inicialmente, cerca de 90 mil veículos e motores por ano, já com índice de conteúdo local da ordem de 60%, podendo atingir até 80% nos anos seguintes.

Anúncio

“O Marrocos é um mercado histórico e estratégico para o nosso grupo e para as marcas Peugeot, Citroën, DS e Opel. Estamos criando uma parceria única na indústria automotiva do Marrocos graças à ajuda de todos os nossos parceiros e ao apoio das autoridades marroquinas”, afirma Jean-Christophe Quémard, vice-presidente executivo do Oriente Médio e África e membro do Conselho Executivo do Groupe PSA.

LEIA MAIS

→PSA aumenta capacidade de produção global de furgões

→Citroën promete um lançamento por ano até 2023


 

Fotos: Divulgação