O Grupo PSA anuncia que aumentará sua capacidade de produção global de furgões com o objetivo de suportar seu plano de crescimento no segmento de utilitários leves. Para isso, a unidade de Gliwice, na Polônia, onde produz atualmente o Opel Astra, será transformada para receber também produzir furgões de grande porte até 2021.

A fábrica polonesa terá capacidade para 100 mil unidades/ano e será a segunda operação industrial da empresa na Europa a construir utilitários. De acordo com PSA, a planta de SevelSud, no Sul da Itália, onde tem parceria com a FCA, excedeu sua capacidade de 300 mil unidades nos últimos três anos com a produção de Peugeot Boxer, Citroën Jumper e Fiat Ducato.

LEIA MAIS

→PSA apresenta Peugeot Boxer e Citroën Jumper elétricos

→2018: ano de recordes globais da PSA

→PSA e FCA estendem parceria em utilitários

Anúncio

“Acolher a produção de furgões de grande porte é uma etapa essencial para o futuro da fábrica de Gliwice e um desafio importante para alcançar os melhores níveis de eficiência e de qualidade para satisfazer os clientes empresariais”, diz em nota Andrzej Korpak, diretor da fábrica de Gliwice. “Vamos demonstrar nos próximos anos nossa capacidade de adaptar nossos processos à produção desse tipo de veículo e estaremos à altura da confiança que nos foi depositada.”

Segundo informações da imprensa especializada europeia, Gliwice produzirá novas versões do Opel/Vauxhall Movano, atualmente construídos pela Renault em Batilly, na França. A PSA é líder de vendas de veículos utilitários leves na Europa e vem apurando crescimento no segmento, parte de um dos objetivos de seu plano estratégico Push to Pass. No ano passado, a empresa vendeu 564,1 mil veículos comerciais leves no mundo, expansão de 18% em relação ao ano anterior.


Foto: Grupo PSA/Divulgação