Balanço de desempenho da indústria de implementos rodoviários divulgado pela Anfir na segunda-feira, 7 de outubro, mais uma vez apresenta trajetória de retomada do mercado. De janeiro a setembro, as entregas somaram 88,7 mil unidades, volume 39% superior ao anotado no mesmo período do ano passado de 63,8 mil produtos.

O chamado segmento de pesados, que reúne reboques e semirreboques continuam como protagonistas da demanda do transportador, o mesmo cenário apresentado pelo mercado de caminhões. No acumulado até setembro, os emplacamentos somaram 47,7 mil carretas contra 31,7 mil licenciamentos registrado há um ano. A variação representou alta de 50,2%.

O desempenho das vendas de leves, de carroceria sobre chassi, segue passos mais lentos de recuperação. Nos nove primeiros meses, o mercado negociou pouco mais de 41 mil unidades, volume 28% maior em relação ao acumulado do ano passado, de 32 mil implementos.

LEIA MAIS

→Anfir promove rodada de negócios na Fenatran

Anúncio

→Anfir e IQA firmam parceria

A associação que representa as empresas do segmento aposta na Fenatran 2019, de 14 a 18 de outubro, no São Paulo Expo, para incrementar os negócios nos próximos meses. “A presença dos principais fabricantes da indústria com a concentração dos maiores clientes do setor cria o ambiente propício a realização de negócios”, observa em nota Norberto Fabris, presidente da Anfir. “O visitante tem diante de si a maior variedade de implementos rodoviários em um só lugar.”

Com os negócios provenientes da feira, a entidade espera consolidar a estimativa de entregar 110 mil unidades em 2019 no mercado interno, um crescimento de 20% sobre o ano passado.


Foto: Empresas Randon/Divulgação