Além de completar 50 anos de atividades, a participação da Librelato na Fenatran 2019 proporcionou mais um motivo de comemoração. A empresa sai da feira, ocorrida de 14 a 18 de outubro, no São Paulo Expo, com o registro de R$ 200 milhões em negócio fechados, o dobro da edição anterior, de 2017, com vendas superiores a 2 mil implementos.

“Essa foi a melhor Fenatran da história da empresa”, comemora em nota José Carlos Sprícigo, CEO da Librelato, adiantando que mais 800 unidades se encontram em negociação. “A feira superou nossas expectativas devido ao retorno da confiança no mercado, o que sinaliza uma retomada sustentável nos negócios.  Os clientes também ficaram surpresos por termos apresentado inovações para oferta imediata, o que despertou bastante interesse de compra.”

Os negócios deverão contribuir em aumento de participação da Librelato no mercado de implementos. Segundo Sprícigo, a empresa detém fatia de 13% das vendas domésticas. e a expectativa é de fechar com 15% até o fim de 2019.

LEIA MAIS

→Librelato projeta faturar R$ 900 milhões em 2019

Anúncio

→Librelato comemora 50 anos na Fenatran

→Librelato ampliará capacidade em quase 30%

Presente no evento em um estande de 800 m², a empresa trouxe inovações como o graneleiro Pró-Nio, implemento desenvolvido com nióbio na composição do aço que permitiu conceder mais resistência e aumento de 780 kg na capacidade de carga. Apresentou também o Sider Grid, modelo de furgão Lonado para cargas paletizadas com lonas estruturadas nas laterais e passou a oferecer serviços de conectividade com o Librelato Connect, novo negócio que resulta de parceria com a Sascar para monitoramento da carga.

Atualmente a empresa aplica R$ 25 milhões de reais para desenvolvimento de produtos, construção de nova área fabril de 9 mil m² e ampliação da área administrativa com mais de 3 mil m². As obras serão concluídas no início de 2020 e a capacidade produtiva anual saltará de 11 mil para 14 mil implementos.


Foto: Librelato/Divulgação