Osegmento de SUVs segue com comportamento positivo acima da média do mercado brasileiro. Ante alta de 7,5% nas vendas de automóveis e comerciais leves no acumulado deste ano, os SUVs mostraram expansão de 15,6%, com total de 282,2 mil emplacamentos de janeiro a outubro, contra os 416,9 mil do mesmo período do ano passado.

A marca Jeep domina com folga o segmento, com seus dois modelos – Renegade e Compass – ocupando as posições de líder e vice-líder na soma dos primeiros dez meses, com 56,5 mil e 49,3 mil emplacamentos, respectivamente. Na sequência vêm o Hyundai Creta, com 46,2 mil licenciamentos, Nissan Kicks (45 mil) e Honda HRV (39,6 mil). O Ford EcoSport, modelo pioneiro no segmento no Brasil, está em sexto lugar, com a venda de 27,7 mil unidades no ano.

Os SUVs detinham 21,7% do mercado em 2017, índice que subiu para 24,2% no ano passado e chega a 26% este ano, ou seja, respondem por mais de 1/4 das vendas totais de automóveis e comerciais leves no País. Os números constam do levantamento mensal divulgado pela Fenabrave, que divide o mercado brasileiro em 13 segmentos, com os hatches pequenos na liderança, seguidos dos SUVs, sedãs pequenos, veículos de entrada em sedãs médios.

LEIA MAIS

Venda de veículos fica estável em outubro

Fenabrave apoia projeto de lei que regulamenta vendas diretas

Anúncio

Renault segue firme no quarto lugar do mercado

O segmento dos hatchs pequenos também elevou sua fatia no mercado este ano, mas nesse caso houve uma mudança de classificação pela Fenabrave que teve peso nesse desempenho. Até o ano passado o Ford Ka aparecia como veículos de entrada e em 2019 passou a integrar o segmento dos hatchs pequenos, o que obviamento ampliou volume e, consequentemente, participação.

Balanço dos primeiros dez meses de 2019 mostra esse segmento com total de 615 mil emplacamentos, alta de 24,2% em relação aos 493,9 mil do mesmo período do ano passado. Nele estão incluídos o Chevrolet Onix, líder isolado de vendas no País, o “estreante” Ka, o Hyundai  HB20, Volkswagen Polo e Fiat Argo. As vendas do Onix acumulam este ano 200,6 mil unidades, mais do que o dobro do segundo colocado, o modelo da Ford, que soma 86,4 mil licenciamentos. Na sequência vem o HB20, com 85,8 mil unidades vendidas.

Com o Ka deixando de ser classificado como veículo de entrada, o segmento dos modelos mais baratos baixou sua participação de 17,4% no acumulados dos dez primeiro meses de 2018 para 12,3% no mesmo período deste ano. Os primeiros colocados entre os veículos de entrada são o Renault Kwid (70,9 mil emplacamentos), VW Gol (66,8 mil) e Fiat Mobi (45,4 mil).


Foto: Divulgação/Jeep