Sediada na cidade de Brusque, SC, e especializada na fabricação de parafusos e porcas de roda, cruzetas e componentes de cardans, dentre outros itens, a ZM investiu R$ 8 milhões na aquisição e importação de um novo equipamento para a produção de peças longas, obtidas pelo processo de conformação a frio.

A nova máquina, que une-se a outros equipamentos similares já existentes no processo de produção da empresa, permitirá a fabricação de peças com até 310 mm de comprimento, como por exemplo as barras axiais utilizadas nos sistemas de direção dos veículos.

“Essa aquisição faz parte de um programa de investimentos em curso e se somará a um total de R$ 17 milhões já aplicado em novas máquinas para o desenvolvimento de uma nova linha de produtos ZM, já inserida na iniciativa da indústria 4.0.”, explica Alexandre Zen, diretor superintendente da ZM.

Anúncio

A conformação a frio é um processo de produção mecânico que permite a fabricação de peças através de compressão, fornecendo condições de um excelente acabamento, com maior resistência e alta qualidade, durabilidade em peças de formas geométricas complexas, otimizando a utilização de matéria-prima e auxiliando na sustentabilidade e custos da empresa, que com esse processo, diminui a quantidade de material destinado a reciclagem.

Além de ampliar sua linha de produtos no portfólio para a reposição, com itens a serem lançados em 2020, a empresa ganha em produtividade e precisão dimensional. Além dos componentes já citados, a ZM também fabrica relés e motores de partida, alternadores e polias de alternadores, induzidos, rotores e estatores.


Foto: Divulgação/ZM