A BYD conclui a produção do primeiro chassi para ônibus articulado elétrico com piso alto na fábrica de Campinas (SP). O modelo D11A segue agora para receber carroceria e, posteriormente, a homologação.

Esse é o quinto produto para ser produzido em série pela fabricante de veículos elétricos no País, compondo um portfólio para atender aplicações urbanas com ônibus convencionais de 13 metros com piso baixo ou alto, D9W e D9A, de fretamento, D9F, e articulados de 22 metros com piso baixo ou alto, D11B e, D11A. A fábrica do interior de São Paulo tem capacidade para produzir 720 chassis por ano e chegar a 1.4 mil unidades/ano.

O novo modelo é adequado para atender projetos de BRT nos quais têm plataformas de embarque. O veículo é movido por baterias de fosfato ferro lítio que alimentam quatro motores elétricos. A autonomia é de 250 km com carga completa.