PLançado no Brasil no final de junho, o Volkswagen Nivus começa a ser exportado este mês, tendo como primeiro destino o mercado argentino. Sua apresentação oficial no país vizinho será na próxima quinta-feira, 19, e por lá o novo SUV será comercializado nas versões Comfortline 200 TSI AT e Highline 200 TSI AT.

A montadora divulgou nesta segunda-feira, 16, a foto do primeiro embarque do Nivus, que tem tido boa receptividade no mercado brasilero. Em setembro e outubro suas vendas ficaram na faixa de 3,2 mil unidades/mês e já foram emplacadas 10 mil unidades no País.

O modelo conquistou em outubro a 10ª colocação no ranking dos SUVs mais vendidos internamente, com participação de 2,2%. Com o início das suas exportações para a Argentina, a Volkswagen quer reforçar sua participação naquele mercado, principalmente nesse disputado segmento, no qual a marca é líder com o T-Cross.

LEIA MAIS

VW inicia pré-venda do Nivus, com preço a partir de R$ 85,9 mil

Volkswagen investirá € 150 bilhões globalmente em cinco anos

Anúncio

Ao lembrar que o Nivus será o primeiro modelo desenvolvido pela Volkswagen do Brasil a ser fabricado e vendido na Europa., Pablo Di Si, presidente e CEO da empresa na América Latina, destacou que a marca é reponsável, este ano, por cerca de 25% das vendas externas de automóveis e comerciais leves do setor automotivo brasileiro.

No país vizinho, a montadora abriu sistema de pré-venda do Nivus em outubro e, assim como no Brasil, teve demanda acima da esperada. “Em apenas 30 minutos, vendemos as 500 unidades disponíveis na pré-venda, demonstrando o potencial do modelo e a importância dele no portfólio de produtos da marca na Argentina”, comentou Thomas Owsianski, presidente e CEO do Grupo Volkswagen Argentina e vice-presidente de vendas e marketing da Região SAM.

Com design que mistura elementos de SUV com linhas de cupê esportivo, o Nivus é equipado com VW Play, central de infotainment desenvolvida na região com foco no consumidor local. Seu lançamento na Argentina será por meio de uma live destinada a jornalistas, empregados e fornecedores, mas com acesso também para o público em geral.


Foto: Divlgação/Nivus