O Polo Automotivo Jeep de Goiana, PE, que já opera em três turnos e nos níveis da pré-pandemia, está comemorando o marco de 350 mil unidades do Renegade produzidas no Brasil. O SUV que está entre os mais vendidos no mercado brasileiro também é exportado para 12 países da América Latina, com destaque para Argentina, Uruguai e Chile.

“O Renegade é um carro que tem uma simbologia especial”, avalia Tânia Silvestri, diretora da marca e operações comerciais no Brasil. “Ele chegou com a herança legítima do autêntico Willys, com o design icônico que apresentou a marca Jeep há quase 80 anos e é o modelo que ajudou a consolidar de forma determinante a Jeep no Brasil”.

O Renegade, assim como o Jeep Compass e a Fiat Toro, também fabricados em Goiana, já tem vendas mensais acima das registradas no início do ano, antes da Covid-19. Foram emplacadas 6.042 unidades do Renegade em outubro, ante as 5.354 de fevereiro. As vendas da Jeep no mês passado atingiram total de 12,2 mil unidades, volume bem próximo ao de outubro do ano passado, quando licenciou 12,4 mil veículos.

Anúncio

Mais moderno do mundo

Inaugurado em abril de 2015 justamente com a linha do Renegade, o Polo de Goiana tem capacidade para produzir 280 mil veículos por ano, abrangendo área total de 11 milhões m² e 260 mil m² de área construída. O espaço também abriga o Parque de Fornecedores com 16 empresas, que ocupam área de 270 mil m². O complexo é o mais moderno parque fabril da FCA, Fiat Chrysler Automobiles, no mundo.

No plano de investimento no Polo Jeep, que somará R$ 7,5 bilhões até 2025, a FCA destaca projeto de ampliação do Parque de Fornecedores para atrair novas empresas para a região, além de aporte em P&D com foco em inovação.


Foto: Divulgação/Jeep