Em reunião extraordinária do Gecex, Comitê Executivo de Gestão da Camex, Câmara de Comércio Exterior, do Ministério da Economia, realizada na quarta-feira, 20, aprovou alteração do imposto de importação de pneus novos para veículos comerciais de 16% para 0%. A resolução entra em vigor a partir de quinta-feira, 21, com a publicação no Diário Oficial da União.

A medida de caráter temporário atende solicitação feita pela Ministério da Infraestrutura com objetivo de amenizar os custos operacionais do transportador frente às dificuldades econômicas impostas pela pandemia da covid-19.

A decisão do Gecex considerou ainda apelos das empresas do setor de transporte. De acordo com as informações apuradas pelo comitê, a demanda maior que a oferta, o aumento de preços das comodities e a variação cambial no País têm pressionado os preços dos pneus no mercado nacional.

A resolução abrange pneus classificados no código 4011.20.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM) que, de acordo com dados da Secex, Secretaria de Comércio Exterior, responderam por 1,28 milhões de unidades importadas em 2020, somando mais de US$ 141,8 milhões.

De acordo com o texto, foram beneficiados pneus novos importados nas medidas:

  • 295/80 R22,5;
  • 275/80 R22,5;
  • 215/80 R17,5;
  • 235/80 R17,5;
  • 12.00 R24.

Foto: Volvo/Divulgação