A partir de um investimento de R$ 4 milhões na aquisição de equipamentos e novas instalações prediais, a Cummins Power Generation acaba de iniciar as operações da sua nova sala de testes de engenharia dedicada à validação de novos equipamentos e/ou atualizações de produtos da marca.

Localizado na planta de Guarulhos, na Grande São Paulo, o novo espaço abrange uma área de 240 m2, contando com salas de testes indoor e de controle, além de uma área externa para ensaios. Lá serão realizados total de 26 testes, dentre os quais os de potência, vibração linear e torsional de controle e de qualidade de energia elétrica, assim como avaliações individuais do sistema de arrefecimento e dos componentes.

“Para atender às especificações da Cummins, desenvolvemos uma área externa dedicada à realização de teste de nível de ruído”, informa Tancredo Neris, supervisor de engenharia de produto da Cummins Power Generation.

De acordo com Caio Cesar Ridigolo, engenheiro de produto sênior da empresa no Brasil, mais recursos para validação em ambiente totalmente flexível e dedicado com coleta de dados vão garantir mais autonomia para o desenvolvimento de novos produtos.

“A obtenção de dados vai nos permitir realizar avaliações mais minuciosas e os testes também irão variar de acordo com o nível do projeto. Os ensaios para atualização de um novo equipamento, por exemplo, podem ser tão complexos quanto o desenvolvimento de um novo produto”, explica Ridigolo.

Anúncio

A Cummins Brasil, segundo informam os seus engenheiros, é a única companhia a produzir os principais componentes que compõem um grupo gerador: motor, alternador, filtro e controlador. Sua gama de geradores produzida em Guarulhos inclui modelos específicos que variam de 53 kVA a 750 kVA, com elevado índice de conteúdo local.

A nova sala de teste permite ensaios de ensaios de grupos geradores de até 1.000 kW em temperatura ambiente controlada que pode chegar até 50ºC. O sistema de insuflamento é responsável por fazer o controle da temperatura e da contra pressão, de até 2 polegadas de água, para verificação do fluxo e vazão de gases.

O projeto brasileiro, de acordo com a fabricante de motores e geradores, atende ao mesmo padrão de desempenho das demais salas de testes dedicadas da Cummins Power Generation, nos EUA, Índia, Inglaterra e China.São 26 diferentes


Foto: Divulgação/Cummins