Além de se consolidar na quarta posição do mercado brasileiro, atrás apenas da Fiat, Volkswagen e General Motors, a Hyundai conquistou em março o primeiro posto no ranking dos automóveis mais vendidos no Brasil, superando o Chevrolet Onix, que há cinco anos vinha se mantendo nessa posição.

Segundo dados divulgados pela Hyundai nesta quinta-feira, 1, o hatch compacto da marca totalizou 8.013 emplacamentos no mês passado, com crescimento de 14% em relação a março de 2020. Também teve desempenho positivo o seu SUV compacto, o Creta, com 6.174 unidades comercializadas, das quais 5.979 (97%) destinadas ao consumidor final. Com esse desempenho, o modelo foi o SUV mais vendido no varejo automotivo.

As vendas totais da montadora coreana atingiram 47.098 unidades no primeiro trimestre, o que lhe garantiu uma participação de 9,5% no mercado de automóveis e comerciais leves. A quarta posição no ranking por marcas foi por muitos anos da Ford, que este ano – após o anúncio do fim das suas operações produtivas no País – despencou para a 10ª posição.

Com os resultados do trimestre, a Hyundai registra crescimento de 10% em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto o mercado de automóveis e comerciais leves como um todo recuou 6,5%.

LEIA MAIS

Com Strada em primeiro lugar, Fiat consolida liderança no ano

Anúncio

Venda de veículos reage em março, mas recua no trimestre

“Graças à não interrupção da produção e à continuidade de nossas vendas, já adaptadas às restrições da pandemia, tivemos resultados expressivos, não só em comparação a março de 2020, mas também versus março e o primeiro trimestre de 2019, quando não havia impacto da Covid-19″, comenta Angel Martinez, vice-presidente comercial da Hyundai Motor Brasil. “Isso foi mais notável no HB20, que segue firme em seu lugar de destaque no ranking de vendas e, ainda, assegurou a liderança nacional agora no mês de março”.

No acumulado de janeiro a março, o HB20 foi o segundo veículo de passeio mais vendido do Brasil, com 23.660 unidades comercializadas. O Onix foi líder no segmento específico de carros, mas se forem computados também os comerciais leves, a Fiat Strada se destacou neste início de ano, com pequena vantagem em volume sobre o hatch da General Motors.

Vale lembrar que a GM está com suas operações paralisadas em Gravataí, RS, onde é produzido o Onix, desde o ínicio do março. A empresa alega problemas com falta de componentes, que vêm afetando a cadeia automotiva brasileira e mundial como um todo.


Foto: Divulgação/Hyundai