O Banco Toyota captou R$ 700 milhões com emissões de Letras Financeiras “verdes” exclusivamente para financiamento de cerca de 8,5 mil veículos híbridos das marcas Toyota e Lexus em dois anos.

Segundo a instituição, é a primeira operação do tipo entre bancos de montadora no mercado brasileiro e está relacionada ao plano mundial  “Desafio Ambiental Toyota 2050” , que visa atenuar os impactos ambientais da produção e uso de veículos  da empresa até 2050.

A demanda pelo papeis foi aproximadamente três vezes maior do que o volume oferecido, afirma o banco, que contabiliza outras cinco emissões de Letras Financeiras no País. “A conclusão desta oferta é um marco na nossa história, tanto pelo pioneirismo da operação no Brasil, como pela receptividade do mercado”, afirma Luciano Savoldi, presidente e CEO do Banco Toyota do Brasil.

“Conseguimos fazer com que uma operação financeira contribua e reforce as ações de sustentabilidade da montadora no País. Sabemos que este é um benefício para o meio ambiente e também para os nossos clientes.”

Anúncio

LEIA MAIS

→ Motor híbrido a etanol é só uma das opções da Toyota para o Brasil

Parte da rentabilidade obtida pelo banco em cada um dos contratos de financiamento fechado será destinada ao projeto “Águas da Mantiqueira”, apoiado pela Fundação Toyota do Brasil e que busca preservar e restaurar espécies nativas de Mata Atlântica em regiões de nascentes e bacias.

Com a renda recebida das Letras Financeiras “verdes” do Banco Toyota, o projeto “Águas da Mantiqueira”  desenvolverá ações em 21 hectares de matas nos municípios de Sapucaí-Mirim e Gonçalves, no Sul de Minas Gerais.


Foto: Divulgação