A Volvo Car Brasil quer ter papel catalisador na construção de infraestrutura de recargas de baterias de veículos eletrificados. Após impulsionar a oferta de 1 mil eletropostos espalhados pelo País em centros comerciais, a empresa anunciou na quarta-feira, 15, projeto de instalação de carregadores rápidos nas rodovias.

O plano da empresa consiste em cinco etapas, das quais a primeira demandará investimento de R$ 10 milhões para instalar 13 carregadores rápidos que dará cobertura a 3.250 quilômetros de corredores rodoviários. A estimativa é de começar em março e finalizar em abril. Em dois anos, no entanto, a marca espera oferecer cobertura em todo o País.

De acordo com Rafael Ugo, diretor de marketing do Latin America Hub para a Volvo Cars, o projeto começará por estradas que partem de São Paulo em direção a capitais como Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), além de do litoral paulista. “Queremos dar às pessoas confiança e segurança para que possam se planejar para viagens com carros elétricos. E isso é só o começo de uma grande estratégia de eletrificação.”

Ugo conta que está em andamento o processo de concorrência para definir o fornecedor do equipamento. De qualquer maneira, os carregadores terão 150 kW de potência e dois pontos de carregamento, capazes de proporcionar 80% da bateria em 35 minutos.

“Os eletropostos estarão em centros de conveniências de rodovias e disponíveis de maneira gratuita para todos os veículos híbridos plug-in e elétricos de qualquer marca. Entendemos que a eletrificação é uma prioridade nossa e nos sentimos responsável por isso.”

Ao mesmo tempo, em parceria com a EcoRodovias, gestora de mais de 3 mil quilômetros de rodovias de nove concessões, a Volvo instalará carregadores nos 52 SAUs (Serviço de Apoio ao Usuário) da administradora. “Serão pontos pensados para o caso de emergência, com wallbox da Volvo de corrente alternada de 11 kW que permitirão ao menos carregar 15% da bateria em uma hora, proporcionando uma autonomia de mais 50 km, em média.”

Anúncio

Volvo XC40, agora, só elétrico

A Volvo ainda, como reforço em seu compromisso com a eletrificação, anunciou que não oferecerá mais por aqui o XC 40 que não seja 100% elétrico. Segundo João Henrique Oliveira, diretor de operações e inovação da Volvo Car Brasil, toda a oferta do modelo com motor térmico e híbrido já foi vendida. “É uma decisão natural. Não enxergamos o elétrico como produto de nicho ou complemento de portfólio, nos sentimos responsável em construir o futuro da mobilidade elétrica.”

O XC40 responde por 40% das vendas da Volvo no País. De janeiro a novembro, a marca entregou 2,9 mil unidades do modelo dos quase 7,5 mil automóveis vendidos no período. Para Oliveira, o consumidor não deixará de comprar o carro e estima inclusive crescimento de 8% a 10% nas vendas do XC40. “Estamos vendendo o futuro e não o passado.”

LEIA MAIS

→Volvo Cars passa a oferecer apenas carros eletrificados no País

→Volvo Car, Enel X e Estapar juntas em rede de eletropostos


Foto: Volvo Cars/Divulgação