Toda a linha de automóveis da marca pode ser comprada sem alíquota do IPI

Por Lael Costa

Por meio do que a empresa convencionou chamar de Volvo for All, a marca sueca saiu como pioneira e se enquadrou na Lei 8.989, texto que habilita vender automóveis com isenção de IPI e, alguns Estados, de IPVA. O programa abrange toda a linha de automóveis da fabricante disponível no Brasil e permite retirada da alíquota do IPI de 13% nos modelos a gasolina e de até 25%, nos a diesel. Antes, o benefício era restrito ao modelos de fabricação nacional.

“Nada mais justo que o deficiente físico também tenha a opção de compra de carros importados com isenção”, resume Luiz Rezende, presidente da Volvo Cars no Brasil. “A Volvo tem as pessoas como prioridade e o Volvo for All também foi pensando nelas, deixa o mercado mais justo, com condições mais favoráveis aos deficientes.”
Para se habilitar ao programa a marca argumentou junto à Receita Federal princípios de isonomia que a lei assegura. “A lei disposta não trata de uma política industrial do país, legisla considerando igualdade entre pessoas”, destaca João Oliveira, diretor comercial da companhia.

Anúncio

Além do benefício do desconto da alíquota, pelo programa o cliente da Volvo também usufrui de serviço de emergência 24 horas, no qual, dentre outras entregas, permite contato com central de atendimento e chamado de resgate; preço de revisão fixo e canal 0800.
A opção mais barata da Volvo, o V40 T4 Kinetic, sai para o público perto de R$ 137 mil. Pelo Volvo for All, o preço da mesma versão passa a custar R$ 113 mil. Se a escolha for pelo top de linha da marca, o XC90 T8 Excellence em versão híbrida, o consumidor comum pagará quase R$ 533, com a isenção o valor cai para pouco mais de R$ 407 mil.

Com o programa, a Volvo também homologou a Cavenaghi, empresa de adaptações, caso elas sejam necessárias.


Foto: Divulgação