Por Alzira Rodrigues | alzira@autoindustria.com.br

Com exceção da Mercedes-Benz, que teve crescimento de 10% no ano passado e, assim, acompanhou a evolução do mercado brasileiro, as demais marcas de luxo com produção local tiveram desempenho abaixo da média ou até mesmo queda em relação ao ano anterior. Já neste início de 2018 a situação é diferente.

Todas as marcas do segmento ampliaram emplacamentos no primeiro bimestre, com destaque para a BMW/Mini, que cresceu 24%, e a Jaguar Land Rover, com alta de 21,7%. Ambas tiveram resultado acima do registrado no mercado de automóveis, que na média cresceu 19,2% no período.

As vendas da BMW/Mini chegaram a 1.615 unidades, ante as 1.302 dos primeiros dois meses de 2017. As da Jaguar Land Rover totalizaram 1.174 automóveis este ano, contra os 965 do mesmo período do ano passado, conforme dados divulgados pela Anfavea no início do mês.

Anúncio

No caso da Audi a alta foi de 12,7%, com, respectivamente, 1.157 e 1.027 emplacamentos. A Mercedes-Benz ampliou seus negócios em 11,6%, com 1.583 licenciamentos este ano contra os 1.418 do acumulado de janeiro de fevereiro de 2017.

Também a produção das marcas que operam no País está em alta. De acordo com dados da Abeifa, a BMW produziu 1.030 automóveis este ano, expansão de 24,5% sobre os 827 fabricados no primeiro bimestre do ano passado. No mesmo comparativo a Jaguar Land Rover cresceu 17,8%, com, respectivamente 699 e 593 unidades fabricadas no País. Ambas são associadas da Abeifa.

Questionada sobre projeções para este ano, a Mercedes-Benz diz não informar números relativos ao seu planejamento local. Mas informa que teve resultados expressivos em 2017, com 12.474 emplacamentos e participação de 38,3% no segmento de luxo. Para mercado de carros premium como um todo, a Mercedes-Benz projeta entre 35 mil e 40 mil unidades este ano.

Em 2017, Mercedes-Benz e Jaguar Land Rover cresceram, respectivamente, 10% e 3,5%, enquanto as vendas da BMW caíram 11,6% e as da Audi tiveram queda de 14,5%. São exatamente as marcas que tiveram pior desempenho no ano passado que registram índice maior de expansão este ano.

Para movimentar o mercado, as marcas de luxo têm investido em novidades. A Mercedes-Benz lançou este ano o CLA 180 com motor 1.6 L, que gera 122 cv e custa a partir de R$ 137,9 mil. No final do ano passado a Jaguar iniciou a pré-venda do SUV E-Pace, com preço na faixa de R$ 222,3 mil e início das entregas programado para o próximo mês. A Land Rover trouxe no final de 2017 o Range Rover Velar, também um SUV, com preços entre R$ 291 mil a R$ 513,9 mil.


Fotos: Divulgação/Audi/Mercedes-Benz