Por Redação | autoindustria@autoindustria.com.br

O mercado brasileiro de ônibus andou praticamente de lado em 2017 ao somar 11,7 mil emplacamentos, apenas seiscentos a mais do que no ano anterior e ainda muito distante de seu melhor resultado, alcançado em 2011, quando foram vendidos 34,5 mil unidades.

Esse tímido universo, porém, foi mais que suficiente para assegurar, junto com outras principais praças,  o azul nas vendas globais de ônibus da Daimler Buses.

A divisão vendeu 28,7 mil ônibus e chassis de ônibus em todo o mundo no ano passado, um crescimento aproximado de 10% sobre  o total de 2016, e cravou a liderança em seus mercados mais importantes, com Europa, Brasil, Argentina e México.

Aqui, aponta levantamento da Anfavea, foram negociados 6 mil ônibus Mercedes-Benz, equivalentes a 52% do mercado interno.

“A recuperação do mercado da América Latina contribuiu positivamente para o crescimento de nossas vendas”, ressalta Hartmut Schick, presidente mundial da Daimler Buses, cuja receita mundial em 2017 bateu nos € 4,4 bilhões, 4% a mais do que no ano anterior.

Enquanto se consolida na ponta de praças tradicionais, a Daimler Buses trabalha também para ampliar o número  de mercados em que está presente. Recentemente, lançou dois ônibus Mercedes-Benz  no Quênia.

Montados em cooperação com a empresa local DT Dobie Kenya, na cidade de Nairóbi, atendem ao mercado da região em operações de transporte urbano, escolar, traslado e de longo percurso.

Anúncio

Leia mais

→Mercedes-Benz comemora 500 ônibus vendidos em janeiro

→Ônibus elétrico utilizará tecnologia do Nissan Leaf

A empresa também tem feito movimentos importantes na América do Norte. Em janeiro, a REV Coach se tornou a nova agência geral para os ônibus Setra nos Estados Unidos e Canadá e, a partir de julho, assumirá também os serviços de pós-venda desses veículos.

As parceiras, admite a Daimler, analisarão mais oportunidades no mercado norte-americano. O Grupo REV já é fabricante e distribuidor de veículos especiais nos Estados Unidos.

Elétrico na linha — O presidente da Daimler Buse afirma que 2018 inaugurará “uma nova era para o transporte coletivo”. ele se refere á apresentação do ônibus urbano elétrico Mercedes-Benz Citaro.

Até o fim do ano o modelo entrará em produção no complexo industrial  de Mannheim, na Alemanha. Antes disso, porém, protótipos serão testados por empresas clientes da montadora alemã.


Fotos: Divulgação/Daimler Buses